Projecto Aprendizagem para Todos

Avaliação de Impacto

Desde a concepção do Projeto foi prevista uma Avaliação de seu Impacto para permitir identificar as abordagens de melhor relação custo-benefício no decurso do Projecto antes da expansão para todas as regiões do país. Dentre os temas escolhidos para serem objeto da avaliação podemos destacar:

(i) A quantidade de crianças fora da escola;

(ii) A escolarização das crianças do sexo feminino;

(iii) Questões sociais incluindo VIH;

(iv) Reforma da formação inicial de professores.

Durante a implementação do Projeto uma série de factores prejudicou a implementação concomitante da avaliação de impacto. Por exemplo, a rede de ZIPs foi expandida em velocidade maior do que a inicialmente planejada assim como a formação dos professores. Este relatório visa justamente analisar esses factores e a pertinência de novas colectas de dados para se avaliar o impacto da primeira etapa do Projeto Aprendizagem para Todos.

A primeira fase do Projeto de Aprendizagem para Todos envolveu uma quantidade volumosa de recursos. Apesar dos inúmeros percalços, a documentação disponível mostra que o programa pode ter gerado aprendizados muito importantes na sua implementação cujos erros devem ser evitados na segunda fase.

Há uma série de estudos qualitativos de grade valia que devem ser considerados na formulação do PATII-Projecto de Empoderamento de Raparigas e Aprendizagem para Todos. 

A avliação do PAT I está a ser feita através dos dados do SIGE e outros dados sobre a aprendizagem dos alunos. As diversas colectas de dados do EGRA, SDI, TEACH e a avaliação de aprendizagens estão a ser pensadas em conjunto no arranque do novo projecto. Isso permite explorar sinergias entre essas bases.

 A Avaliação de Impacto visa essencialmente verificar se foram alcançados os resultados e indicadores do projecto. No caso do PAT, a Avaliação de Impacto pressupõe analisar os seguintes aspectos:

Os professores planificam a dosificação trimestral por classe; Os subdirectores Pedagógicos observam, pelo menos duas vezes por trimestre, em sala de aula, as diversas metodologias aplicadas pelos professores e fornecem-lhes o feedback

A direcção da escola elabora planos anuais de superação pedagógica baseados nos dados estatísticos recolhidos;
A direcção da escola promove encontros trimestrais com a comunidade; A direcção da escola elabora planos de superação pedagógica dos professores; A direcção da escola usa dados estatísticos para tomada de decisão

 

Medir o valor Adicionado do Professor através da aplicação de testes de aprendizagem em dois momentos distintos do tempo sobre a mesma coorte de alunos. Isso permitirá eliminar qualquer viés de seleção entre professores e alunos, dando a possibilidade de calcular o valor adicionado pelo professor. A medida de valor adicionado pode ser então correlcionada com os dados do TEACH, o que por sua vez nos permitirá saber quais as atividades docentes possuem maior impacto para oa alunos.

O sorteio das próximas interveções seja feito em cima da amostra de escolas que fizeram a avaliação dos alunos e do Teach, do EGRA e do SDI.

Anexos